Posted in:

Quarto Montessoriano: entenda o método que está dando o que falar

Você já deve ter percebido que estamos na onda do quarto montessoriano. Mas é importante dizermos que não se trata de um estilo de decoração e, sim, de um método, de um conceito.

A ideia dos quartos montessorianos é criar um ambiente em que tudo esteja ao alcance das crianças. Móveis, peças educativas e outros objetos devem ficar na altura dos olhos dos pequenos.

Quer conhecer mais sobre esse conceito? Vem com a gente!

Detalhes que só o montessoriano têm

Se você acha que a criança deve ter espaço para aprender e liberdade para conhecer o mundo, então o método montessoriano combina com você!

Principalmente quem está montando o quarto do bebê já deve ter sido bombardeado de ideias que vem direto do conceito Montessoriano.

A filosofia Montessori de educação é baseada na ideia de que a criança deve desenvolver desde cedo a sua autonomia, explorando o espaço a sua volta. Deste modo, o quarto deve estimular a liberdade e a curiosidade das crianças fornecendo sempre a segurança que elas precisam.

Aliás, segurança é a palavra de ordem aqui! Uma das características que mais assusta os pais de primeira viagem no método montessoriano é a ausência do berço, diferente de todos os quartos de criança que já conhecemos.

Mas não se preocupe! O colchão no chão é indicado, pois acredita-se que o berço restringe os movimentos das crianças e não dá autonomia, fazendo com que ela dependa dos adultos até para ter acesso à própria cama.

Por onde começar?

O quarto montessoriano pode ser montado já para o recém-nascido ou durante toda a primeira infância, então, caso a criança seja maior e os pais estejam planejando reformular o quarto, também não há problema, já que certamente a criança sentirá muito mais liberdade no seu espaço da casa.

Para garantir a segurança e o conforto da caminha no chão, almofadas e protetores são uma boa ideia e podem impedir que o bebê muito pequeno role enquanto está dormindo. Para manter a cama longe da friagem do chão, a base da caminha pode ser de madeira, ou mesmo feita daqueles tapetes de EVA.

O colchão no chão ou camas baixas são característicos desse tipo de quarto. Sem as grades e limitações espaciais do berço, a criança fica mais livre e pode circular de forma mais independente.

O espelho é um item super importante. Posicionado na horizontal, o objeto é importante para estimular a parte sensorial e ajudar a criança a se conhecer. A opção do espelho de acrílico deixa os pais mais tranquilos. Não se esqueça de fixá-lo bem à parede.

Abuse das almofadas! Dá para brincar com as estampas, com os formatos e deixar o quarto bem mais divertido! Na hora de brincar no chão, elas também podem ser usadas como apoio para deixar as crianças mais confortáveis.

Já reparou que alguns estilos de quarto montessoriano trazem umas casinha lindas? É perfeita para deixar a imaginação fluir! Ela pode ser um cantinho de leitura, um forte ou até a casinha tão amada pelos pequenos.

Ainda no quesito segurança, alguns cuidados devem ser tomados:

  • Evite móveis ou outros elementos com quinas;
  • Evite utilizar peças em vidro. Prefira acrílico;
  • Fixe os objetos na parede com fita dupla face. Evite o uso de pregos;
  • Tome cuidado com móveis instáveis que possam tombar;
  • Esconda e proteja as tomadas.

Itens importantes

Lembre-se que toda a disposição do quarto será mais baixa: objetos, livros e brinquedos em estantes baixas, sejam em caixas ou em cestos. Tudo deve ser posicionado sempre na altura dos olhos da criança, para que ela possa desde cedo reconhecer o seu espaço e aprender sobre organização.

Uma característica marcante dos quartos montessorianos é que eles são projetados com a ergonomia da criança, ou seja, os móveis são adaptados ao seu tamanho e altura, permitindo que elas tenham fácil acesso aos seus objetos.

Apesar da filosofia do quarto montessoriano levar em consideração a visão da criança, não se esqueça de decorar as paredes também. Bandeirinhas, quadros, fotografias, luminárias, qualquer coisa para compor a harmonia do ambiente é válida. Livros não podem faltar e todos devem estar ao alcance dos pequenos.

Os tapetes também são uma forma de estimular os sentidos dos pequenos, eles podem tocar e sentir diferentes tipos de materiais. Além de ser um detalhe que faz toda a diferença na decoração, deixando o ambiente mais aconchegante, os tapetes proporcionam aos bebês uma experiência sensorial.

Já, para as crianças, ele pode ser o responsável por delimitar o espaço reservado para brincar e espalhar os brinquedos. Uma solução prática e barata para contribuir com o projeto é utilizar o EVA.

É legal lembrar também, que o quarto deve ser modificado conforme a criança cresce, assim, depois de algum tempo, vale mudar o espelho de lugar, colocando-o longe do colchão.

Então com todas essas dicas em mãos, você já pode colocar em prática a sua ideia de quarto montessoriano ;D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *