Capa - Volta às aulas: como preparar uma área de estudos incrível
Publicado em janeiro 25, 2018

Volta às aulas: como preparar uma área de estudos incrível

Quem nunca sonhou em ter um espaço exclusivo para se dedicar aos estudos? Um cantinho especial, que ajude a desenvolver a criatividade e a capacidade de concentração? Pois é, com a temporada escolar recomeçando pensar em criar um ambiente assim é super importante.

As vantagens em construir uma área de estudos são inúmeras, a começar pelo estímulo ao aprendizado. Então fique ligado nessas dicas da LIV que vão te ajudar a produzir uma área de estudos incrível!

Por onde começar?

Na hora de montar um home office, por exemplo, sempre imaginamos qual lugar da casa é o ideal para trabalharmos. Com a área de estudos não é diferente. Inicialmente, precisamos encontrar o lugar perfeito para acomodar todos os itens necessários.

Muita gente escolhe o quarto da criança ou do adolescente para montar a área de estudos. Essa é uma boa saída, principalmente para quem não tem tanto espaço em casa disponível. Mas alguns pontos precisam ser levados em consideração:

  • O lugar precisa ajudar na concentração;
  • O espaço tem que ser arejado;
  • Precisa ser funcional;
  • Necessita de organização acima de tudo;
  • O ambiente deve ser estimulante e personalizado.

Por que destacamos tudo isso? Simples! Quanto mais organizada e funcional for a área de estudos, mais fácil se torna encontrar concentração e inspiração para desenvolver as atividades. A luz natural ajuda a arejar o ambiente, facilita a visibilidade e dá sensação de conforto. Um espaço personalizado ajuda a estimular a criatividade e outros atributos importantes na hora de estudar.

A área de estudos não precisa ser muito grande. O ideal é que o estudante possa contar com uma cadeira ou poltrona confortável e uma bancada ou mesa que comporte tudo o que precisa ter por perto.

Decorar esse espaço é importante para garantir o interesse na área de estudos. Aqui, vale o uso de nichos, porta lápis, quadros de cortiça ou aramados (que estão super em alta). Uma boa opção é transformar uma das paredes em uma lousa. Essa tendência ajuda a desenvolver a imaginação e estimular o desempenho do estudante.

Gavetas, armários, estantes e prateleiras são importantes para organizar a bagunça e encontrar o que você procura com facilidade.

Garanta a ergonomia dos móveis. A altura da cadeira, encosto e braços são importantes para o conforto, saúde da coluna e desempenho do estudante.

Se o quarto não for uma escolha possível para a área de estudos, opte por um local que tenha pouca circulação de pessoas. Vozes e televisão atrapalham muito a atenção.

Estudar na cozinha ou na sala de jantar aumentam as chances do estudante sentir fome, o que também atrapalha a concentração. O ideal é eliminar ao máximo as distrações, dando preferência a um local silencioso e confortável.

Não precisa gastar muito para ter uma área de estudos

Em tese, como dissemos acima, uma mesa e cadeira bastam para começar a montar uma área de estudos bacana. Mas se personalizar o espaço é extremamente importante para você, assim como é para nós, tem uma porção de formas baratas para deixar o ambiente com a sua cara.

A bancada, por exemplo, pode ser feita com cavaletes e uma placa em mdf. O uso de cavaletes na decoração se destaca cada dia mais, principalmente pela possibilidade de montar e desmontar a qualquer momento. O ideal é que a bancada tenha no máximo 50 cm de altura para crianças de até 10 anos de idade, e 78 cm para as demais. A profundidade sugerida é de 60 cm, com largura de 1 metro ou mais, dependendo do tamanho da sua área de estudos.

Você também pode utilizar aparadores, escrivaninhas ou mesas antigas, dando um toque vintage ao espaço. Elas podem ser repintadas ou envernizadas, enfim. Há uma infinidade de formas de personalizar sua mesa de estudos.

Uma luminária moderna ou um pendente também ajudam a caracterizar a área de estudos. Procure o que mais combina com você!

Pensando em um porta lápis diferente? Que tal utilizar uma caneca, vaso ou copo diferente que está de bobeira aí na sua casa?

Você pode setorizar a área de estudos utilizando uma tinta de cor diferente na parede, um adesivo ou papel de parede que delimite o espaço que será utilizado. Enquadrar a área de estudos ajuda a manter o desempenho e concentração.

O aprendizado é favorecido quando acontece em um ambiente mais acolhedor, deixando a pessoa à vontade para se dedicar aos estudos.

Uma boa iluminação é uma mão na roda

Tópico fundamental na hora de montar uma área de estudos, a iluminação não pode ser deixada de lado. Como a leitura e escrita são constantes nesse espaço, é primordial que a luz chegue a pontos estratégicos e focais, sendo direcionada para onde é realmente importante.

Você pode abusar de luminárias e abajures, ou pode usar a iluminação geral do ambiente. Mas cuidados com as luzes amarelas, que iluminam menos que as lâmpadas fluorescentes, favorecendo o descanso, que não é ideal para uma área de estudos. Ou seja, elas atuam desconcentrando o estudante e dando a impressão de que o momento de estudos é muito mais cansativo do que realmente é. As lâmpadas amarelas também esquentam mais o ambiente.

Como já citamos, também, a luz natural ajuda muito na área de estudos, além de manter o ambiente arejado. Para isso, posicione a mesa ou bancada de estudos abaixo ou próxima da janela.

Cores que ajudam na concentração

Quando falamos em personalizar a área de estudos alguns cuidados também devem ser tomados, principalmente com relação às cores utilizadas.

Durante a captação de cores, nosso cérebro emite diversas sensações impactantes e, dependendo da cor, até nosso humor pode ser afetado, assim como nosso raciocínio e disposição física.

As mais indicadas são cores claras, podendo contrastar com cores fortes em alguns detalhes ou objetos. O ideal é evitar tons de vermelho, roxo, preto e cinza, que costumam prejudicar o foco e estimular a ansiedade nos indivíduos.

Tons vibrantes, como o amarelo e o laranja por exemplo, ajudam a estimular o cérebro em uma área de estudos. Elas atuam na liberação da serotonina, garantindo sensação de bem estar, favorecendo o desenvolvimento de diversas atividades. Já os tons em dourado ajudam na autoestima e na autoconfiança.

Os tons de azul também devem ser levados em consideração para uma área de estudos. O azul não é apenas um tom que ajuda a relaxar, como também atua na concentração.

A área de estudos precisa ser um lugar desejável de se estar

Não é atoa que uma área de estudos garanta resultados melhores no aprendizado. O ambiente que dedicamos ao estudo interfere diretamente em nosso desempenho.

Estudar por horas a fio pode ser cansativo, então todas as maneiras que ajudam a minimizar essa sensação são bem-vindas. E não tem idade certa para se ter uma área de estudos. Quanto antes você apresentar esse espaço à criança, mais rápido será sua adaptação e reconhecimento de ambiente. Ela saberá que tem um lugar exclusivo para se dedicar aos estudos e atividades criativas, e que ele faz parte de sua rotina.

Solte a criatividade para criar sua área de estudos. Vale a pena dedicar algum tempo para deixar esse espaço perfeito para você ou para seu filho, permitindo que a rotina de estudos seja prazerosa e produtiva.

Deixe um comentário

Ir ao topo

Quer saber de tudo sempre?

Deixe seu e-mail e receba dicas, novidades
Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com as nossas Políticas de Cookies e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições Eu aceito
LIV Decora e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.Eu aceito